Sobre a Cidade

Rio de Janeiro

Foi sede do vice-reino, tornou-se capital da colônia e tornou- se, já no século XIX, a sede do Reino de Portugal e Algarves, com a chegada da Família Real. Em 1822, com a Independência do Brasil e a posse de D. Pedro I como imperador, o Rio tornou-se a primeira e única capital de um império no Hemisfério Sul.

Toda essa movimentação política e econômica legou a quem visita a cidade uma série de paisagens hoje bem conhecidas no Centro. Mesmo antes da chegada do Príncipe Regente, já estavam de pé o aqueduto, hoje conhecido como Arcos da Lapa, a Igreja de Santa Luzia, o Mosteiro de São Bento, o Palácio da Cidade, o Convento de Santo Antônio e o Paço Imperial. Com a chegada da corte e, posteriormente, com a vinda das missões culturais francesas, a cidade assistiu ao surgimento de novos prédios e logradouros que se tornaram visita obrigatória para quem quer seguir a trajetória histórica da cidade: o Jardim Botânico, o Museu Nacional (antiga residência do imperador), a Candelária, os prédios em estilo neoclássico do Centro. Toda a herança neoclássica ditou o estilo das grandes edificações após a Proclamação da República,
que elevou o Rio a capital do Brasil. Nas primeiras décadas do século XX, o Centro se mantinha como ponto de encontro não somente das classes políticas e econômicas, mas também de sua elite social.

Assim, a área foi submetida a grandes transformações, como as que abriram vias, como a Avenida Rio Branco, com o arrasamento de parte do antigo Morro do Castelo, e da Avenida Presidente Vargas, com a derrubada do casario que se proliferou com o desenvolvimento da
zona portuária e dos ramais da estrada de ferro. Em seus rastros, testemunhos sólidos de uma época tornaram-se grandes referências culturais, do Centro Cultural Banco do Brasil ao Museu Nacional de Belas Artes, da Casa França Brasil ao Teatro Municipal.

As grandes obras marcaram também a era dos governos do pós-guerra. O modernismo deu o tom a monumentos como a Catedral Metropolitana, no local do antigo Morro de Santo Antôonio, e o Museu de Arte Moderna, sobre o Aterro do Flamengo, já nos anos 50. Mas o início do século
marcou também o desbravamento de outras áreas da cidade, que viriam a marcá-la como destino turístico: o surgimento de Copacabana e Ipanema, antes isoladas pelos morros que ponteiam a cidade, e o erguimento de dois ícones, o bondinho do Pão de Açúcar e a Estátua do Cristo Redentor, que contribuiriam com o mais emocional dos títulos que um destino poderia receber do mundo: A Cidade Maravilhosa.

Pontos Turísticos


teatro municipal

Projeto e construção de A. Guilbert e Francisco de Oliveira Passos. Sua inauguração deu-se em 14 de julho de 1909.


arcos da lapa

Localizado no Largo da Lapa, onde no passado se concentrava a vida noturna carioca, os Arcos da Lapa se mantêm como principal monumento do Rio colonial.

Corcovado – Cristo Redentor

O Morro do Corcovado, tendo em seu topo a imagem do Cristo Redentor, é um dos principais símbolos da cidade.

Floresta da Tijuca

Situado em meio à área densamente populosa da cidade do Rio de Janeiro, o Parque Nacional da Tijuca é a maior floresta urbana do mundo.

Jardim Botânico

O Jardim Botânico possui uma imensa área verde de 1,4 milhão de metros quadrados onde são cultivadas cerca de cinco mil espécies de plantas e árvores tropicais.

Maracanã

O Maracanã já foi cenário dos mais importantes clássicos do futebol brasileiro e recebeu momentos históricos do futebol internacional.

Pão de Açúcar

Um dos principais pontos turísticos do Rio de Janeiro pode ser visto logo à entrada da Baía de Guanabara.

A História da Cidade

Sinuosa, insinuante, bela e intrigante, a paisagem do Rio de Janeiro já encantava os visitantes de suas costas há 5 séculos.

Informações Úteis


AEROPORTOS

O Aeroporto Internacional Tom Jobim, localizado na Ilha do Governador, é de fácil acesso por modernas vias expressas, ao Centro e à Zona Sul da cidade, onde se encontram os principais hotéis. Vinte e seis companhias aéreas internacionais e todas as companhias aéreas brasileiras operam no aeroporto, que registrou no ano de 1998 um movimento de aproximadamente 8 milhões de passageiros entre vôos domésticos e internacionais.
O Aeroporto Santos Dumont, localizado no Centro da cidade, opera vôos regionais ligando as principais capitais do país, jatos executivos e aeronaves de menor porte. Um excelente serviço de táxi e de ônibus liga os aeroportos aos principais hotéis e áreas residenciais.

Aeroporto Internacional do Rio de Janeiro – Galeão – Antonio Carlos Jobim:
Tel – informações: (21) 3398-5050
Voos: (21) 3398-4527 / 3398-4526

Aeroporto Doméstico- Santos Dumont:
Informações e voos (21) 3814-7070


HORÁRIO COMERCIAL


A maioria dos escritórios abre de 09:00 às 18:00h de segunda a sexta-feira e das 09:00 às 13:00h aos sábados. A maioria dos grandes Shopping Centers, como o Rio Sul e o Barrashopping abre de segunda a sábado de 10:00 às 22:00h e aos domingos das 15:00 às 21:00h. O Rio tem várias lojas de conveniência abertas 24 horas/dia. Os bancos abrem de segunda a sexta de 10:00 às 16:00h.

Clima

O Rio de Janeiro é uma cidade subtropical. O verão se estende de dezembro a março com temperaturas variando de 25°C (77°F) a 42°C (108°F); o inverno vai de junho a agosto, com a temperatura em torno de 20°C (68°F) de dia e 16°C (60°F) à noite.

Vestuário

O traje esporte predomina no Rio, embora durante o horário de trabalho os homens costumem usar terno e gravata e as mulheres roupas mais finas. Poucos locais no Rio exigem trajes formais. Para os homens calça e camisa esporte são suficientes; para as mulheres roupas informais. Um agasalho leve é o bastante para as noites de inverno.

Comunicações

A cidade tem um excelente sistema de comunicações que liga o Rio ao resto do Brasil e ao mundo. Discagens direta e a cobrar podem ser feitas de qualquer telefone. Telefones públicos são encontrados por toda a cidade, inclusive na areia das praias, e operam com cartões telefônicos. Telefones celulares portáteis podem ser alugados a baixo custo pelos visitantes. O código de Discagem Direta para o Rio de Janeiro é 21.

Corrente elétrica

A corrente elétrica do Rio de Janeiro é 110 ou 120 volts. Muitos hotéis e edifícios possuem tomadas alternativas para 220 volts.

Policiamento

A Polícia Militar do Estado do Rio de Janeiro dispõe de um batalhão – BPTUR – especializado no patrulhamento ostensivo da cidade do Rio para proteção ao turista. Devidamente treinados e equipados para o atendimento a ocorrências policiais com turistas, os policiais desta corporação são encarregados do patrulhamento de pontos turísticos, praias e áreas próximas a hotéis.

BPTUR – Batalhão de Policiamento em Áreas Turísticas
Endereço: Rua São Clemente, 345 Botafogo
22260-001 Rio de Janeiro -RJ
Tel: (21) 3399-7565 / 69
(21) 3399-7457 call center
(21) 3399-7562 serviço de inteligência
Fax: (21) 3399-7450

A Delegacia de Atendimento ao Turista – DEAT – um ramo especializado da Policia Civil, é constituida por delegado, detetives, investigadores e escrivãos responsáveis pela apuração e registro de eventuais ocorrências. A DEAT tem sua própria sede convenientemente localizada no Leblon em frente ao Teatro Casa Grande e perto do Scala. A delegacia foi instituída e os policiais especificamente treinados para atender os visitantes estrangeiros.

Delegacia de Atendimento ao Turista – DEAT
Endereço: Av. Afrânio de Mello Franco, s / nº – Leblon
22430-060 Rio de Janeiro – Brasil
Tel: (21) 2511-5112 / 3399-7170
Fax: (21) 3399-7172

Hotéis

Atualmente a Cidade do Rio de Janeiro conta com mais de 500 hotéis, incluindo os de 01 a 05 estrelas, pousadas, albergues e apart-hotéis que oferecem mais de 33.000 quartos.

Táxis

O Rio tem uma grande frota de táxis, quase todos equipados com ar-condicionado. Os táxis comuns, identificados pela cor amarela, circulam pelas ruas com taxímetro. Táxis especiais operados por companhias licenciadas servem aos aeroportos e hotéis ou podem ser chamados por telefone. Nos aeroportos e principais shoppings centers, a maioria dos táxis especiais trabalha com tarifas fixas por área, que podem ser pagas antecipadamente no balcão da companhia, aonde deve estar afixada a tabela de preços.

Gorjetas

Hotéis: os hotéis geralmente incluem as taxas de serviço nas contas.
Restaurantes: as gorjetas são opcionais, mas freqüentemente são encontradas no fim da conta como uma “sugestão”. No Rio normalmente paga-se 10%.
Táxis: motoristas de táxi não exigem gorjeta, embora a maioria dos passageiros arredonde para mais a tarifa a pagar quando está satisfeito com o atendimento.
Carregadores em hotel e aeroporto: R$3,00 por mala.
Carrinhos para carregar malas no aeroporto: grátis

Cultura

O Rio de Janeiro possui uma intensa vida cultural, oferecendo mais de 200 locais para cinema, teatro, musicais e exposições artísticas, mais de 50 museus e 87 bibliotecas. Além dos museus tradicionais, a cidade abriga museus dedicados a trens, aviões, bondes, jóias e pedras preciosas, esportes, índios, arte primitiva brasileira e até Carmem Miranda, entre outros.

Feriados

No Rio de Janeiro e no Brasil há uma série de feriados públicos durante o ano. São estes:

1º de Janeiro – Ano Novo
20 de Janeiro – São Sebastião – Santo Padroeiro da cidade do Rio de Janeiro (só Rio)
Móvel – Carnaval
Móvel – Paixão de Cristo e Páscoa
21 de Abril – Tiradentes – Mártir da Independência
23 de Abril – São Jorge
1º de Maio – Dia do Trabalho
Móvel – Corpus Christ
7 de Setembro – Dia da Independência
12 de Outubro – Nossa Senhora de Aparecida – Padroeira do Brasil
2 de Novembro – Finados
15 de Novembro – Proclamação da República
20 de Novembro – Zumbi dos Palmares – Dia da Consciência Negra
25 de Dezembro – Natal


Fonte: Site Rio Convention & Visitors Bureau - http://rcvb.com.br

Convidados  Confirmados


Local do Evento

Rio Othon Palace – RJ

Av. Atlântica, 3264 - Copacabana, Rio de Janeiro - RJ, 22070-001


Realização

Gerenciamento

Patrocínio